Prodabel promove formação tecnológica para um mercado em crescimento

Prodabel promove formação tecnológica para um mercado em crescimento

Mais de 80 funcionários e parceiros da prodabel decidiram aproveitar a oportunidade de ampliar os conhecimentos e se inscreveram no Curso de Programação Web. A missão de promover, integrar e gerar soluções focadas na inclusão digital também se aplica internamente, afinal, a capacitação e a transformação também acontecem dentro da empresa.

As aulas, disponibilizadas na Plataforma EAD da Prefeitura de Belo Horizonte, oferecem habilidades que serão úteis na vida profissional dos alunos. Dessa vez, os conteúdos oferecidos são direcionados para quem já atua no mercado de trabalho e pessoas que viram a oportunidade de atualizar conhecimentos e de reposicionar suas carreiras.

Como contou Ivanir Eustaquio, gerente administrativo, que tem a expectativa de atuar na área de programação web. “Decidi fazer a inscrição para me atualizar profissionalmente, ter conhecimento em programação e oportunidade de mudar de emprego”, idealiza Eustáquio.

As aulas, que começaram em 18 de outubro e terminam no dia 6 de março, oferecem apoio de tutores, profissionais da área que atuam na Prodabel, encontros virtuais para trocar experiências, tirar dúvidas e fazer mais contatos. Os conteúdos, que estão divididos em quatro módulos, vão de  HTML a Linguagem de Programação e estão gerando grandes expectativas. Para Ricardo Roberto Storck Pinto, analista de recursos estratégicos, essa é uma forma de adquirir conhecimentos que possam ser utilizados no trabalho. “Quero ampliar meus conhecimentos. Permitir que eu possa me qualificar, aprender e consequentemente poder contribuir mais com a empresa”, contou.

O professor Lucas Tavares, que é analista de automação na Prodabel, conta que a capacitação para a área de TI é uma escolha inteligente para quem quer se recolocar no mercado de trabalho. “Estamos falando de um setor em constante evolução e com grande demanda por profissionais capacitados. Estima-se a possibilidade de colapso no setor, por falta de profissionais qualificados, com déficit de 300 mil funcionários de TI até o ano de 2024. Ou seja, uma ótima opção para quem quer mudar de função dentro da mesma empresa”, recomenda Tavares.

Para se inscrever nos cursos desenvolvidos pela Diretoria de Inclusão Digital, clique aqui

Faça um comentário

Pedro Franco

Jornalista. Diretor e Editor Chefe do Jornal Da Comunidade.