Defesa Civil emite alerta de risco geológico alto em BH

Defesa Civil emite alerta de risco geológico alto em BH

Alerta é válido até a próxima quarta-feira (20). Defesa Civil recomenda atenção no grau de saturação do solo e nos sinais construtivos.

Por Alex Araújo e Rafaela Mansur, g1 Minas — Belo Horizonte

19/10/2021 07h56  Atualizado há 6 horas


BH está em risco geológico por causa da chuva (imagem ilustrativa) — Foto: Reprodução/TV Globo

BH está em risco geológico por causa da chuva (imagem ilustrativa) — Foto: Reprodução/TV Globohttps://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

A Defesa Civil de Belo Horizonte emitiu um alerta de risco geológico na capital, válido até a próxima quarta-feira (20), devido às chuvas das últimas 24 horas e à tendência de novas precipitações.

O risco geológico é considerado alto nas regionais Pampulha, Norte, Nordeste, Noroeste, Leste, Oeste, Centro-Sul e Barreiro, e moderado em Venda Nova.

A Defesa Civil recomenda atenção no grau de saturação do solo e nos sinais construtivos.

Veja indicativos de que deslizamentos podem acontecer:

  • Trinca nas paredes;
  • Água empoçando no quintal;
  • Portas e janelas emperrando;
  • Rachaduras no solo;
  • Água minando da base do barranco;
  • Inclinação de poste ou árvores.

Confira as recomendações para evitar deslizamentos:⠀⠀⠀

  • Coloque calha no telhado da sua casa;
  • Conserte vazamentos em reservatórios e caixas-d’água;
  • Não jogue lixo ou entulho na encosta;
  • Não despeje esgoto nos barrancos;
  • Não faça queimadas.
Água da chuva carregou terra e pedras para a Rua Júlia Nunes Guerra, no Luxemburgo, em BH — Foto: TV Globo

Água da chuva carregou terra e pedras para a Rua Júlia Nunes Guerra, no Luxemburgo, em BH — Foto: TV Globohttps://d0c6323af819be5de8b210e627c4fd11.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

No bairro Luxemburgo, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, a água da chuva carregou pedras, galhos e terra de um barranco para a Rua Júlia Nunes Guerra. No Taquaril, na Região Leste da capital, uma casa corria o risco de desabar, na noite desta segunda-feira (18).

Segundo a Defesa Civil, nesta terça-feira (19), a previsão é de céu encoberto a nublado com pancadas de chuva a qualquer hora – com possibilidade de raios e rajadas de ventos ocasionais – e declínio de temperatura. A mínima na capital foi de 16ºC, e a máxima estimada é de 22ºC.

O órgão lembra que os moradores de Belo Horizonte podem receber alertas gratuitos de risco de chuvas fortes, granizo, tempestades, vendavais, alagamentos, risco de deslizamentos de terra e outros fenômenos meteorológicos por SMS.

Para se cadastrar, é preciso enviar uma mensagem de texto com o CEP para o número 40199.

Chuva na capital

A chuva forte que atingiu Belo Horizonte nesta segunda-feira (18) provocou o bloqueio de ruas e avenidas por causa do risco de transbordamento de córregos.

Na Região Noroeste, no bairro Coração Eucarístico, a rua Joaquim Silvério ficou alagada. Carros foram tomados pela água.

A Rua Joaquim Silvério, no bairro Coração Eucarístico, ficou alagada — Foto: Reprodução/TV Globo

A Rua Joaquim Silvério, no bairro Coração Eucarístico, ficou alagada — Foto: Reprodução/TV Globo

Na Região Oeste, uma das mais atingidas pela tempestade, as avenidas Silva Lobo (bairro Nova Granada) e Francisco Sá (Prado) foram tomadas pela água (veja vídeos abaixo).https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Avenida Francisco Sá é tomada pela água
Chuva provoca inundações na Região Oeste de BH

Chuva provoca inundações na Região Oeste de BH

A Via Expressa também registrou vários pontos de alagamentos.

Chuva provoca alagamento na Via Expressa, em BH
https://imasdk.googleapis.com/js/core/bridge3.485.1_pt_br.html#goog_173830838–:–/–:–

Chuva provoca alagamento na Via Expressa, em BHhttps://d0c6323af819be5de8b210e627c4fd11.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Ocorrências em Minas

Nas últimas 24 horas, entre as 6h de segunda-feira (18) e as 6h desta terça-feira (19), o Corpo de Bombeiros atendeu pelo menos 57 chamadas relacionadas à chuva em todo o estado.

A corporação atuou em ocorrências como risco de alagamentos, enxurradas e deslizamentos, queda de árvores e salvamento de pessoas ilhadas.

No período chuvoso 2021/ 2022, uma morte foi registrada, em 1º de outubro, em Uberaba, no Triângulo Mineiro, segundo balanço da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil.

Duas pessoas ficaram feridas, em Ribeirão das Neves, e oito ficaram desabrigadas em Betim, na Grande BH.

Fonte: G1 https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2021/10/19/defesa-civil-emite-alerta-de-risco-geologico-alto-em-bh.ghtml

Faça um comentário

Pedro Franco

Jornalista. Diretor e Editor Chefe do Jornal Da Comunidade.